Polícia Civil de Novo Gama desarticula quadrilha de roubo de cargas

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios/Grupo de Repressão a Narcóticos (GIH/Genarc) de Novo Gama, coordenados pelo delegado Danillo Martins, desarticularam, no dia 12 de junho, uma quadrilha de roubo de cargas, em Novo Gama. Na ocasião, uma arma de uso restrito e mais de R$ 11 mil em espécie foram apreendidos.

Em novembro do ano passado, quando teve início, a investigação localizou dois veículos roubados, os quais eram utilizados pela quadrilha nos roubos de carga. Naquela oportunidade, foi apreendida parte de uma carga de cigarros roubada no Gama/DF. Com o prosseguimento das investigações, foi desvendado o esquema criminoso que contava com a participação de pelo menos sete pessoas.

A evolução das investigações culminou, então, com as prisões de Welton Heverton A. Silva, vulgo Bola, e Carlos Eduardo M. Passos, e com o cumprimento de mandado de prisão contra Leonardo Guilherme Bastos dos Santos, vulgo Canudo, preso desde de janeiro de 2017, após condenação pelo latrocínio de uma professora, ocorrido em Gama/DF.

Segundo o delegado Danillo Martins, responsável pelo caso, Welton, com auxílio de outra pessoa, comandava as ações do grupo, planejando assaltos e adquirindo veículos roubados, os quais eram entregues aos executores. Carlos Eduardo, por sua vez, possuía uma distribuidora de bebidas na cidade de Novo Gama/GO, e adquiria as cargas roubadas para revendê-las e repassá-las a outros vendedores.

De acordo coma s investigações, Leonardo era um dos executores dos assaltos, juntamente com três comparsas. Os assaltantes abordavam veículos carregados de cigarros, conduziam os carros e os motoristas até um ponto remoto, ocasião em que retiravam as cargas das vans e colocavam nos veículos da quadrilha. O bando usava uma residência, no Residencial Alvorada, onde guardavam veículos e cargas, antes de repassarem para o receptador.

Em poder de Carlos Eduardo foi apreendida uma pistola Taurus 840, calibre. 40, com brasão e sigla da Polícia Militar do Maranhão, bem como 14 munições do mesmo calibre. A Polícia Civil também apreendeu R$ 11.630 em espécie, os quais estavam em poder de Carlos Eduardo. Segundo a Polícia Civil, pelo menos 16 roubos de cargas de cigarro foram realizados pela associação criminosa, na região de Novo Gama, Valparaíso e Distrito Federal. (Fonte: Polícia Civil)