Advogados criminalistas de Anápolis em pé de guerra com o novo diretor do presídio de Anápolis

Desde que assumiu a direção do presídio de Anápolis, Wolney Cesário da Cunha vem entrando em confronto com dezenas de advogados, notadamente os criminalistas. O novo diretor vem fazendo uma série de exigências no sentido de obstruir o trabalho dos operadores de justiça. Nenhum advogado pode mais falar com os seus pacientes nos finais de semana e além do mais os defensores têm que marcar horário para falar com os detentos, em uma grave infração aos princípios que norteiam o trabalho daqueles profissionais.

Na última terça-feira (30) a OAB subseção de Anápolis juntamente com mais de uma dezena de advogados reuniram-se com o juiz responsável pela Vara de Execução Penal, oportunidade que foi enviado convite para o diretor da unidade prisional de Anápolis, mas o mesmo não compareceu e nem tão pouco enviou representante, em um total desrespeito com a Justiça e com os advogados.

Na denúncia, os advogados, através da OAB, apresentaram uma denúncia considerada grave, já que o diretor do presídio vem mantendo contato com os líderes dos pavilhões no sentido de não permitirem que os presos falem com os seus defensores, em uma clara parceria com os comandos das alas daquele presídio, o que fere frontalmente os princípios da ética profissional.

Algumas gravações de áudio do senhor Wolney Cesário da Cunha com um possível assessor foi anexado ao documento encaminhado ao juiz da Execução Penal de Anápolis. Os áudios estão no site do jornal O Anápolis, que teve acesso aos mesmos. www.oanapolis.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *