Apreendidas 15 carretas com mais de R$ 50 milhões em cigarros contrabandeados

Uma operação integrada pela Receita Federal do Brasil, Polícia Rodoviária Federal e Comando de Operações de Divisas (COD/PM-GO) apreendeu 15 carretas que faziam o transporte de cigarros contrabandeados do Paraguai pelas rodovias goianas. A ação foi desencadeada nos últimos dois meses e ainda está em andamento sendo que, até o momento, foram interceptados mais de oito milhões de maços de cigarros ilegais que abasteceriam os mercados de Goiás, Entorno do Distrito Federal, Minas Gerais e Tocantins.

Das 15 carretas apreendidas, 13 são roubadas e utilizavam placas clonadas para o transporte da mercadoria contrabandeada. A Receita Federal estima que o valor total da mercadoria apreendida ultrapasse R$ 50 milhões.

Para burlar a fiscalização, os contrabandistas carregavam cargas legais para camuflar o carregamento irregular e procuravam passar pela fiscalização simultaneamente a outros caminhões que faziam o transporte regular de produtos e mercadorias.

O cigarro ilegal entra no País sonegando altos valores em tributos e não passa por nenhum controle dos órgãos de saúde, podendo causar graves riscos à saúde do consumidor.

Vinte e duas pessoas já foram presas e, além dos veículos de carga com cigarros, os agentes apreenderam outros quatro automóveis com descaminho oriundo do Paraguai, mais de 1.500 kg de drogas, três armas de fogo e 118 munições.