Carga de carne: Polícia prende suspeito de fazer caminhoneiro e família reféns

 

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de fazer um caminhoneiro, esposa e filho reféns para roubar caminhão carregado com carne, em Anápolis. Divino Araújo de Oliveira pegou o caminhão roubado e, enquanto dirigia o veículo, foi detido pelos policiais. Após a prisão do homem, as vítimas foram encontradas e libertadas, sem nenhum tipo de lesão.

A investigação, coordenada pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), prendeu também, no dia 20 de setembro, Ivan Francisco de Assis, dono de uma casa de carnes de Goiânia, por comprar e revender mercadoria roubada.

Segundo o delegado Alexandre Bruno, titular da especializada, Divino Araújo é membro de uma robusta organização criminosa especializada em roubos de cargas de carnes e venda de caminhões roubados. Neste caso, caminhão recuperado seria levado para desmanche na cidade de Posselândia.  A Polícia Civil investiga a quadrilha da qual os dois presos fazem parte.

Ivan deve ser indicado por receptação qualificada e Divino, por roubo majorado por emprego de arma de fogo,  concurso de pessoas e restrição da liberdade das vítimas.(Polícia Civil)