Dilmar Ferreira

A violência denigre a imagem de Anápolis e o prefeito não faz nada

A violência denigre a imagem de Anápolis e o prefeito não faz nada

Getúlio Alves Barreto 25 anos – vítima de número 96 – assassinado na noite terça-feira (20) – Novo Jundiaí Anápolis caminha para liderar os números dos assassinatos de Goiás, deixando Aparecida de Goiânia para trás e desmonta as promessas do atual prefeito de Anápolis que falou em interferir para que a segurança pública da cidade fosse melhorada de maneira rápida e eficiente. As promessas de Roberto do Órion não estão sendo cumpridas pelo prefeito Roberto Naves. No ano de 2014, estatísticas oficiais mostram que foram Continue lendo

Roberto Naves está como um navio à deriva procurando um porto seguro

Roberto Naves está como um navio à deriva procurando um porto seguro

*Dilmar Ferreira Quando um político decide entrar em uma disputa eleitoral para comandar uma cidade, notadamente uma urbe do porte de Anápolis é necessário planejar a campanha eleitoral e para começo de tudo é fundamental estruturar uma equipe altamente competente e que conheça de fato os problemas do povo e da estrutura da cidade para em seguida montar um plano de governo que possa ser executado, caso vença o pleito. Eleito, o cidadão precisa montar uma equipe para administrar, que nem sempre é a mesma Continue lendo

Marconi está na mira do Superior Tribunal de Justiça

Marconi está na mira do Superior Tribunal de Justiça

Uma reportagem publicada esta semana pelo jornal O estado de S. Paulo, assinada por Rafael Moraes Moura, aponta que 13 inquéritos contra governadores estaduais estão seguindo trâmites legais naquela corte, sendo que ainda existe mais um inquérito a ser aberto. A reportagem dá conta de que os inquéritos são contra seis governadores, sendo que o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) abre a lista com o maior número de inquéritos já abertos. Esses processos vêm sendo procrastinados porque em vários estados como Minas Gerais e Continue lendo

Por que não acredito na administração do atual prefeito de Anápolis

Por que não acredito na administração do atual prefeito de Anápolis

*Dilmar Ferreira Desde a campanha eleitoral já observava que o então candidato Roberto do Órion seria um fiasco. Primeiramente como candidato seria presa fácil para os demais, principalmente para Pedro Canedo e João Gomes. No primeiro debate Pedro Canedo saiu fora porque foi derrotado por ele mesmo diante das câmaras. Sobrou João Gomes, então candidato do PT. Estava indo bem até o debate final, quando perdeu mais de dez mil votos em uma noite. A eleição dele estava ganha, mas perdeu por falta de 2,5 Continue lendo

Dilmar Ferreira analisa o que virá no pós Temer?

Dilmar Ferreira analisa o que virá no pós Temer?

Os trabalhadores e os partidos da esquerda, incluindo o PT, podem estar a serviço da burguesia e dos golpistas mor para dar um golpe dentro do golpe. Essa briga não deveria contar com a esquerda que sonha com eleição direta, o que não vai ocorrer. A eleição, para eleger o sucessor de Temer, vai ser por via indireta e talvez, o eleito seria muito pior do que Temer na articulação para aprovação das medidas contra os trabalhadores. Tudo indica que a elite golpista que está Continue lendo

Lula superou todos os advogados de defesa e juristas desse pais

Lula superou todos os advogados de defesa e juristas desse pais

Dilmar Ferreira Lula mostrou a cara para a nação e não teve medo do juiz Sérgio Moro, o inquisidor de Curitiba, que pisa na legislação e faz o que bem entende para alimentar setores da imprensa que tenta a todo custo impedir que Lula chegue novamente à presidência da República. Lula falou para o juiz Sérgio Moro, durante o seu depoimento em Curitiba, o que os maiores juristas deste pais gostariam de falar, cara a cara com o homem que tenta fazer justiça seletiva contra Continue lendo

Estão tentando levar o Brasil para uma guerra civil?

Estão tentando levar o Brasil para uma guerra civil?

(Dilmar Ferreira) A noite de terça-feira (9), vésperas do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Curitiba não terminou sem que algo estranho surgisse no noticiário. Um juiz substituto do Distrito Federal determinou a paralisação das atividades do Instituto Lula, em São Paulo, atendendo pedido do Ministério Público Federal, em um processo onde o ex-presidente é réu devido à acusação de obstrução da Justiça, conforme delação premiada do ex-senador petista Delcídio do Amaral. Lula já prestou depoimento pessoalmente no processo, onde não existe Continue lendo

Em que ano estamos: 2017 ou 1968?

Em que ano estamos: 2017 ou 1968?

Dilmar Ferreira* Um dos assuntos mais intrigante da semana que terminou no último sábado foi a possibilidade de prorrogar os mandatos dos atuais titulares dos legislativos e executivos para 2020 com realização de eleições gerais naquele ano juntamente com as eleições para prefeitos e vereadores. Seria uma eleição para todos os cargos eletivos. Foi ai que me perguntei: em que ano estamos? Seria 2017 ou 1968 ou ainda em 1978? O golpe civil/militar de 1964 sofreu um contragolpe em 1968, quando foi editado o famoso Continue lendo