Delegada da PCGO vai compor grupo de combate a grandes sonegadores

Tatyane Cruvinel deixa a Gerência de Gestão Financeira para fazer parte de grupo formado entre Polícia Civil, Sefaz e Procuradoria Geral do Estado

A delegada Tatyane Cruvinel vai deixar a Gerência de Gestão e Finanças (GGF) da Polícia Civil de Goiás. O anúncio oficial foi feito pelo delegado-geral adjunto, Marcelo Aires, no final da tarde de segunda-feira (28).

A autoridade policial vai representar a PCGO no Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira). Além da Polícia Civil, o grupo reúne integrantes da Procuradoria Geral do Estado (PGE) a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz). O objetivo de sua criação é atuar com maior firmeza e expertise técnica contra os grandes devedores do fisco goiano.

Conhecida pelo perfil técnico e pela liderança com que conduz às equipes a cuja frente está, Tatyane Cruvinel pontua que sua presença no grupo será importante para um fortalecimento institucional ainda mais vigoroso da PCGO. Já o delegado-geral adjunto salienta que a presença da delegada no Caris reverterá em ganhos para a Polícia Civil, uma vez que o montante financeiro resultante da atuação do grupo reverterá para o custeio das instiituições que o compõem.

Com a ida de Tatyane Cruvinel para o Caris, quem reassume a GGF é o delegado Eraldo Augusco. Considerado um dos melhores quadros no que diz respeito a gestão na área de Segurança Pública, ramo da administração pública no qual é nacionalmente conhecido, ele afirma que volta para seu antigo posto com espírito renovado. “É com muito entusiasmo que reassumo a tarefa, porque sei da competência e apuro técnico da equipe que terei para realizar esse trabalho fundamental para quem está lá na ponta”, destaca.(Fonte: Polícia Civil)