Denarc impõe prejuízo calculado em R$ 960 mil a ocrim de traficantes de drogas

 

Da esquerda para a direita: Thiago “Estrela”, Luciano e Wanderly

A Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), desarticulou uma associação de traficantes dedicada à distribuição de cocaína em Goiânia e Região Metropolitana na noite de quarta-feira (13). Na ação, a especializada apreendeu 24 quilos de cocaína, cujo valor no varejo é calculado em R$ 960 mil.

Wanderly dos Santos Freire e Luciano da Silva foram presos em uma residência no Jardim Clarissa, onde estavam os 24 quilos de cocaína já pronta para o consumo final, além de uma prensa industrial. No momento em que foram surpreendidos, os autuados davam início ao processo de prensamento da droga, a fim de facilitar sua comercialização no atacado.

Cocaína apreendida: venda no varejo estimada em R$ 960 mil

No Setor Vista Bela, outra equipe da Denarc prendeu em flagrante Thiago Bernardes Garcia, associado aos outros dois presos. Ele era responsável pela venda da droga. Cada quilo da droga, segundo os próprios autuados, seria R$ 20 mil. Porém, no varejo, o lucro dos traficantes dobraria, pois cada grama custaria quarenta reais, totalizando um prejuízo aproximado de R$ 960 mil à associação criminosa.

As investigações prosseguem com o objetivo de prender outros membros do grupo, razão pela qual mais detalhes devem permanecer em sigilo. Thiago, por alcunha “Thiago Estrela”, tem registros criminais por tráfico de drogas, uso de documento falso, ameaça, estelionato e receptação. Wanderly tem passagens por tráfico de drogas. Se condenados, os autuados poderão pegar pena de até vinte e cinco anos de reclusão por crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.(Fonte: Polícia Civil)

1 comentário

Comentários encerrados.