Denarc prende 12 e desarticula 4 organizações criminosas em operação

 

A Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) deflagrou operação destinada ao cumprimento de doze mandados de prisão preventiva e treze de busca e apreensão domiciliar na manhã de sexta-feira (06). A ação contou com o apoio operacional do Grupo Tático 3 (GT-3), Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotivos (DERFRVA) e Delegacia de Investigações de Homicídios (DIH). A operação visou à desarticulação de quatro associações criminosas dedicadas ao tráfico de cocaína e maconha na capital e região metropolitana.

A primeira associação, capitaneada por Antônio Derli, teve um grande laboratório de cocaína estourado pela Denarc no dia 17 de setembro deste ano, no setor Village Santa Rita, em Goiânia. Na ocasião, foi preso Jean Carlo da Silva Coimbra, responsável pela guarda da droga. Hoje, foram presos Weslei Patrick Rodrigues da Rocha, Luiz Cesar José de Morais e Magno Bezerra Sousa. Wesley é um dos chefes da associação. Luiz Cesar e Magno eram responsáveis pela distribuição da droga. Antônio Derli, pai de Wesley e também chefe da associação, encontra-se foragido.

Outra associação atingida pela operação foi a coordenada por Kaio César Alves Ferreira. A 28 de setembro deste ano, o laboratório de cocaína de propriedade de sua propriedade, situado em Goianira, foi estourado por equipes da Denarc. Foram presos Ronaldo Bento Xavier Júnior e Elaine Bertoldo Dias de Freitas, responsáveis pela guarda e distribuição da cocaína. Hoje, cumpriu-se mandado de prisão preventiva de Kaio, que já se encontrava preso na Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia. Além dele, Felipe Duarte de Sena, que comercializava droga do grupo, também foi preso.

Também foi desbaratado o grupo composto por Lucas Alves Araújo, sua irmã, Patrícia Alves Araújo, sua companheira,Victória Dias de Paiva, além de Waleys Moreira da Silva e Ailton Franklin Brilhante Chaves. Este último atuava como fornecedor do grupo. Os traficantes comercializavam drogas em Senador Canedo e Goiânia, coordenados por Lucas, que atualmente está preso na cadeia de Senador Canedo por outro crime de tráfico. Todos foram presos. Cocaína e maconha do grupo foram apreendidas.

Dois traficantes que atuavam na região do Jardim Novo Mundo, em Goiânia, também foram detidos. Yuri Miranda do Valle e Weslley dos Santos Oliveira disseminavam maconha e cocaína no bairro e adjacências. Os policiais apreenderam maconha e cocaína com ambos. No total, foram apreendidos na operação 130 kg de Cocaína, 105 kg de maconha, 180 kg de insumos e nove armas de fogo.

Confira as prisões realizadas e o histórico criminal dos autuados:

– WESLEI PATRICK RODRIGUES DA ROCHA, 22 anos. Passagens por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas
– FELIPE DUARTE DE SENA, 47 anos. Passagens por tráfico de drogas e posse de arma de fogo.
– LUIZ CÉSAR JOSÉ DE MORAIS, 32 anos. Passagempor tráfico de drogas.
– MAGNO BEZERRA SOUSA – Idade: 28 anos. P passagem por roubo.
– WALEYS MOREIRA DA SILVA, 21 anos. Passagem por roubo majorado e porte ilegal de arma de fogo.
– PATRÍCIA ALVES DE ARAUJO, 28 anos. Passagem por tráfico de drogas.
– VICTÓRIA DIAS DE PAIVA, 20 anos. Sem registros criminais.
– AILTON FRANKLIN BRILHANTE CHAVES, 28 anos. Sem registros criminais.
– WESLLEY DOS SANTOS OLIVEIRA, 27 anos. Passagens por tráfico de drogas e tentativa de homicídio.
– YURI MIRANDA DO VALLE, 25 anos. Passagem por tráfico de drogas.
– KAIO CESAR ALVES FERREIRA, 28 anos. Passagens por tráfico de drogas e associação, receptação, posse irregular de arma de fogo e homicídio.
– LUCAS ALVES ARAUJO, 24 anos. Passagens por tentativa de roubo, disparo de arma de fogo, ameaça, porte de arma de fogo e tráfico de drogas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *