DIH prende 14 suspeitos de mortes nas regiões do São Francisco e Dergo

 

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) apresentou, na manhã desta terça-feira (5), 14 pessoas presas durante a Operação Descarrilamento 1. As prisões aconteceram, nos dias 31 de agosto e 1º de setembro. De acordo com as investigações, os presos fazem parte de uma organização criminosa que tem praticado homicídios nas regiões do São Francisco, Dergo, Capuava e arredores.

A Polícia Civil estima que o bando seja responsável por 23 assassinatos ocorridos este ano, a maior parte deles relacionada com o tráfico de drogas. Os criminosos envolvidos com a quadrilha foram presos nos municípios de Heitoraí, Trindade, Abadia de Goiás e Goiânia.

De acordo com o delegado Thiago Martiniano, responsável pelas investigações, o número de homicídios praticados pela organização representa cerca de 10% do que foi registrado em toda a capital neste ano. Segundo ele, o líder da quadrilha José Constantino Júnior, conhecido como Juninho, é velho conhecido da polícia e comandava tudo de dentro da Penitenciária Odenir Guimarães (POG), onde está recluso. (Fonte: polícia Civil)