Dilma Rousseff é mais uma vez inocentada

Uma das denúncias contra a ex-presidenta Dilma Rousseff era em relação à compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras, em 2006. O TCU acaba de concluir, através de análise criteriosa, que Dilma, quando era presidente do Conselho de Administração da Petrobrás, não participou do negócio e tão pouco tenha praticado qualquer tipo de ato irregular.

O relatório dos analistas do TCU e do Ministério Público de Contas contraria a versão dos delatores e mostra que eles mentiram para prejudicar Dilma Rousseff. Fica assim comprovado mais uma calúnia contra a ex-presidenta que vai derrubando uma a uma todas as inverdades ditas contra ela. Vai chegar ao ponto da União ter que pedir perdão a ela ou será que ficará por conta da história fazer essa correção?