Juiz solicita intervenção para linha de crédito para melhoria da Bacia de Piancó, em Anápolis

O juiz Mateus Milhomem de Sousa, do 1º Juizado Especial Criminal de Anápolis, enviou o Ofício 989/2017, no último dia 17 de agosto, ao governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, e ao procurador-geral de Justiça, Benedito Torres Neto, em que pede a intervenção para concessão de linhas de créditos para a Associação de Produtores Rurais de Piancó. A medida tem por objetivo permitir a realização de investimento que prevê a regularização do fornecimento de água da Bacia de Piancó, bem como da necessidade da existência de projetos para pastoreio rotativo e a criação de técnicas de agricultura, visando a melhoria da renda dos proprietários dessa região.

De acordo com o magistrado, essa solicitação começou por meio de intervenções criminais, das quais resultaram na compreensão da necessidade de empoderamento dos produtores rurais da região para prevenção de novos litígios e pacificação social, uma vez que o objetivo da demanda é a utilização da água do Ribeirão Piancó.

Além disso, o magistrado pediu, ainda, que seja concedida aos proprietários da região autorização de uso da torre da Embratel para a instalação de transmissores de sinal de celular e internet, assim como da colocação de câmeras de vigilância, sensores de iluminação de presença, bem como da instalação de monitoramento externo, resultando numa melhor qualidade da segurança aos moradores desse local. Veja ofício (Texto: Acaray M. Silva – Centro de Comunicação Social do TJGO)