Ministério Público faz vistoria ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torre Neto, e o coordenador do CAO Criminal, Luciano Meireles, realizaram nesta quarta-feira (3/1) uma vistoria no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Foram percorridas todas as alas da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto, local onde ocorreu rebelião

Segundo o PGJ, o Ministério Público vem trabalhando numa profunda reestruturação do sistema penitenciário goiano. Durante a vistoria, ouviu detentos e e coletou informações para atuar em ações mitigadoras da crise instalada no Complexo Prisional.

PGA
A reestruturação do sistema penitenciário será o tema prioritário de atuação do Ministério Público de Goiás para 2018-2019. A definição da bandeira institucional para o próximo biênio ocorreu nesta terça-feira (19/12), com a aprovação, pelo Colégio de Procuradores de Justiça, da proposta de Plano Geral de Atuação (PGA), encaminhada pela Procuradoria-Geral de Justiça após ampla consulta e votação pelos membros do MP-GO nos 17 encontros regionais do projeto PGJ Presente e de construção do PGA, realizados ao longo de seis meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *