Mulher é presa suspeita de matar idoso e enterrar corpo no quintal

 

Uma mulher foi presa nesta quarta-feira (18) suspeita de matar um idoso e enterrar o corpo no quintal de uma casa, em Inhumas, Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, a vítima, Vicente Francisco Rodrigues (foto), de 76 anos, estava envolto em um lençol, amordaçado e com pés e mãos amarradas. A suspeita foi localizada após roubar os cartões dele e fazer saques e transferências no valor de R$ 5 mil.

De acordo com o titular da DDP da cidade, delegado Humberto Teófilo, Vicente estava desaparecido desde quarta-feira (11). Ao receber a notícia de seu desaparecimento, a Polícia Civil iniciou as diligências. “A família nos informou que a vítima tinha duas aposentadorias. Passamos a rastrear as contas nas quais ele recebia esses proventos”, relata a autoridade policial. O idoso era muito conhecido na cidade, por participar ativamente de festividades religiosas.

Durante a investigação, a polícia identificou saques e empréstimos realizados. O último saque foi feito na terça-feira (17), na Cidade de Goiás. A imagem da investigada foi registrada durante essa transação pelo sistema de câmeras de segurança interna da instituição financeira. A partir de então, a Polícia Militar da Cidade de Goiás passou a empreender rondas por pousadas e hotéis do município. A mulher foi presa às 22 horas de terça-feira (17), e levada a Inhumas.

“Ela confessou o crime e nos mostrou onde estava o corpo do idoso”, informou o delegado. A autoridade policial acrescenta que, em seu depoimento, a suspeita revela ter sido auxiliada por um adolescente para cometer o crime. A vítima pode ter sido dopada com remédios ou mesmo enterrada viva. A investigada foi autuada por ocultação de cadáver, estelionato e falsa identidade, pois apresentou documentação falsa ao ser presa. Ela ainda é investigada pelo crime de latrocínio, que é o roubo com causa morte. (Fonte: polícia Civil)