O grito de guerra da PM do Paraná incita a violência

“Eu miro na cabeça, atiro sem errar
Se munição eu já não tiver, pancadaria vai rolar
Bate na cara, espanca até matar
Arranca a cabeça e explode ela no ar
Arranca a pele e esmaga os seus ossos
Joga ele na vala e reza um Pai Nosso.”
Os versos “edificantes” são de uma música usada para treinar os policias militares do Paraná.
Foi divulgada por um vídeo que circula na internet – reproduzido ao final do post – e registrada pelo jornal Gazeta do Povo.
Notícia que mereceu uma reação pífia da PM paranaense.
Em lugar de abrir um inquérito policial-militar e comunicar às autoridades civias a ocorrência de delito de apologia ao crime, além de afastar de imediato o responsável por esta monstruosidade, disse que “apesar de estarem caindo em desuso, estas canções são utilizadas pelas forças de segurança pública no Brasil e no mundo inteiro. Na PM do Paraná, apesar de não haver orientação proibitiva, alguns grupos as utilizam durante treinamento”.
Tem-se, portanto, que “arranca a pele e esmaga seus ossos ” é um “hit mundial?
Na verdade, é o aproveitamento sórdido de uma passagem bíblica, em Miqueias ,3:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *