O veneno da traição contra Dilma está sendo injetado em Temer

Nada é mais nojento do que a traição e a ex-presidente Dilma Rousseff foi a maior vítima desse veneno e, o atual presidente Michel Temer foi um dos responsáveis pela injeção do referido veneno contra a presidente legitimamente eleita por 54 milhões de brasileiros. Centenas de políticos que mamaram nas tetas do Governo Dilma foram os primeiros a pular do barco em forma de traição. Ninguém até hoje sofreu tanto os efeitos desse veneno quanto Dilma Rousseff (PT). Os traidores transforam o plenário da Câmara dos Deputados no maior circo de traidores da história do Brasil.

Agora, o principal traidor de Dilma Rousseff, o então vice-presidente da República, hoje presidente que assumiu o lugar da titular após o impeachment, Michel Temer está experimentando do veneno que ele mesmo utilizou para afastar uma presidente honesta e legitimamente eleita. Não tem como fazer a leitura de maneira diferente: é o golpe dentro do golpe. O substituto na linha sucessória – o presidente da Câmara Rodrigo Maia – está em silêncio comandando a deposição do atual presidente, mesmo usando a máscara da traição e sorrindo com o seu até pouco tempo amigo e companheiro da luta da deposição de uma presidente eleita por mais de 54 milhões de brasileiros.

Os parlamentares que lutaram na defesa de Dilma Rousseff estão agora na linha de frente contra Temer, aliando-se com traidores de ontem que também querem destituir Temer, atendendo apelo de alguns setores da grande imprensa que agora também contam com o apoio dos blogs que ontem estiveram na defesa de Dilma. O mapa da traição continua aumentando sua dimensão. No atual mapa da oposição estão aqueles golpistas de ontem que hoje querem destituir Temer. Eles estão promovendo um golpe dentro do golpe. Já a verdadeira oposição que ontem esteve ao lado de Dilma, está aproveitando o momento para expor as vísceras do atual governo, bem como mostrar ao Brasil e ao mundo a sangria que os golpistas fizerem contra o Brasil.

O desfecho desse imbróglio ninguém sabe antever, mas uma coisa é certa: o povo brasileiro passa a ser a grande vítima de toda essa guerra pela luta covarde pelo comando do poder. O sucessor de uma possível deposição de Temer é outro golpista da primeira hora vai assumir o Governo e é tão sujo quanto o atual. Vai ser a troca de seis por meia dúzia ou de futuro presidiário por outro. Em outras palavras, a luta vai continuar com algumas mudanças nas bancadas de oposição e da situação tanto na Câmara quanto no Senado.

A questão agora é saber se os antigos apoiadores de Dilma e que resistiram até o fim estão agindo corretamente apoiando a troca de comando do Governo, tirando um traidor e colocando outro tão nefasto quanto ao primeiro. O que se vê neste momento é o apoio cego que deputados e senadores da oposição estão dando aos interesses da sempre golpista  grande mídia do Brasil. Será que as oposições de hoje estão agindo corretamente ou estão fazendo tudo por vingança e para apenas mudar de golpista no Governo e dar continuidade à sangria contra o povo? É preciso pesar o custo benefício para essa luta que amanhã vai engrossar a força para destruir as conquistas do povo e em especial dos trabalhadores. O Brasil vai continuar do mesmo tamanho: do tamanho da traição seja para que lado for. (Dilmar Ferreira)

1 comentário


  1. Mortadelas, dá próxima vez que votarem, não esqueçam que estão elegendo o vice também! hahaha

Comentários encerrados.