Para fazer justiça o Judiciário não deveria promover a humilhação

 

Todas as pessoas de bem combatem a corrupção no Brasil e no mundo. A legislação deveria prever que a devolução do fruto do roubo seja a primeira punição ao corrupto e que todos os atos praticados pelos autores da roubalheira sejam reparados de conformidade com a lei. Nisso todos estão de acordo. Agora, levar o ser humano à humilhação é algo inaceitável. Acorrentar um preso não se justifica a não ser quando a pessoa represente perigo para a sociedade. O que a Justiça Brasileira está fazendo com Paulo Maluff, que além de velho está doente, tem que seguir a rotina de um presidiário. O Brasil inteiro ficou assustado neste final de semana com as cenas humilhantes a que foi submetido o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral. Parece que a Justiça está de fato fazendo uma demonstração midiática de que ela está acima da lei e do bom senso. Hoje, os corruptos foram humilhados, amanhã poderá ser você ou alguém de sua família. Pense nisso e passe a compartilhar com todos os que defendem a Lei e a Justiça sem ódio e sem humilhação.