Polícia Civil apresenta um dos autores de latrocínio que vitimou adolescente no Jardim Caravelas em 2015

O Grupo de Repressão a Roubos da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Garra/Deic) apresentou, na manhã de terça-feira (9), um dos autores do latrocínio que vitimou Lucas da Silva Santos Calazans em setembro de 2015 no Jardim Caravelas, em Goiânia. Henrique Miranda dos Santos (foto à esquerda) pilotava a motocicleta utilizada para o cometimento do crime.
De acordo com o titular do Garra, delegado Francisco Lipari, Lucas foi morto enquanto se dirigia para a escola ao ser abordado por Henrique Miranda e Pedro Henrique de Jesus Félix. Segundo o que foi apurado nos trabalhos de investigação, este último, que estava na garupa da motocicleta, foi o autor dos disparos de arma de fogo que mataram a vítima.

Atualmente, Pedro Henrique se encontra preso na Casa de Prisão Provisória, onde cumpre pena por outro crime de latrocínio. Entretanto, ele confessou ter uma relação de amizade com Henrique Miranda. Afirmou, inclusive, terem ambos cometido outros delitos em parceria. Com o acervo probatório conseguido, Henrique Miranda será indiciado por latrocínio, cuja pena pode chegar a 30 anos de reclusão. (Fonte: Polícia Civil)