Polícia Civil de Inhumas ouve vereador suspeito de ameaçar advogado

 

A Polícia Civil de Inhumas ouviu, nessa sexta-feira (19), o vereador Bruno de Paula Braz, apontado como autor de injúria e ameaça contra o advogado Pedro Paulo Guerra de Medeiros, constituído como defensor do ex-presidente da Câmara Municipal, Gleiton Luiz Roque, conhecido como “Tumate”, preso temporariamente pelo crime de tráfico de drogas e investigado na Operação Assepsia, deflagrada em setembro do ano passado.

Conforme a denúncia feita por Pedro Paulo, registrada na 4ª DP de Goiânia, no dia 22 de dezembro, Bruno de Paula ameaçou o advogado depois que o mesmo impetrou ação sigilosa de arbitramento de honorários advocatícios em desfavor do cliente. Ao descobrir a demanda, Bruno Braz teria ligado para o advogado e proferido palavras de baixa calão e ameaças.

Constituído como defensor do vereador Tumate, Pedro Paulo havia impetrado um Habeas Corpus no Tribunal de Justiça de Goiás, pedindo a liberdade do referido parlamentar. Intimado a depor na Delegacia de Inhumas, o vereador Bruno Braz negou na íntegra o conteúdo da queixa formulada pelo advogado, segundo o delegado Humberto Teófilo.(Fonte: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *