Polícia Civil prende autora de homicídio ocorrido em porta de boate de Ceres

 

Policiais Civis de Ceres prenderam, na última quarta-feira (27), preventivamente Raiane Aparecida do Vale, autora confessa do homicídio de Priscila Souza Costa, fato ocorrido na porta de uma boate da cidade de Ceres, na madrugada do dia 25 de novembro.

No dia seguinte ao crime, Raiane compareceu na delegacia acompanhada de sua advogada, foi ouvida pelo delegado de polícia plantonista e confessou o crime, alegando legitima defesa. Contudo, em razão do instituto jurídico da apresentação espontânea, foi liberada.

No transcorrer das investigações, a Polícia Civil de Ceres apurou que vitima e autora eram amigas, entretanto há aproximadamente um ano vinham tendo uma série de desentendimentos por motivos pessoais.

Restou evidenciado que Raiane  já havia ameaçado Priscila, inclusive mandando mensagem de aplicativo com post de arma de fogo. Além disso, depoimentos testemunhais relataram que Raiane sempre andava com uma faca na bolsa, fatos que revelam fortes indícios de premeditação do crime.

No fim da tarde de ontem (27), policiais civis prenderam Raiane na cidade de Rialma e a recolheram na Unidade Prisional de Ceres, à disposição do Poder Judiciário.

A operação foi coordenada pelo delegado Matheus Costa Melo e contou com a participação dos policiais civis Ramon, Gabriel e Lourenço. (Fonte: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *