Professor e estudante de direito são presos suspeitos de pedofilia em Goiás

 

Um professor da rede estadual de ensino, de 42 anos, e um estudante de direito, de 23, foram presos, nesta terça-feira (7), suspeitos de oferecer dinheiro para adolescentes em troca de favores sexuais, em Damolândia, na região central de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o aliciamento ocorreu durante um torneio de futebol na cidade. Imagens obtidas pela Polícia Civil comprovam a prática criminosa.

As prisões ocorreram na manhã desta terça-feira (7), dentro da Operação Contemplação. O professor foi preso na casa dele, em Nova Veneza, e o estudante, em Damolândia. Os dois foram presos temporariamente, por 30 dias, pelos crimes de favorecimento à prostituição e pedofilia. A polícia também cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de um terceiro investigado, professor de educação física.

Segundo o delegado Humberto Teófilo, responsável pelas investigações, as investigações começaram em julho deste ano, quando o torneio de futebol ocorreu em Damolândia. Pelo menos nove vítimas foram ouvidas e confirmaram que recebiam dinheiro para praticar atos obscenos para o professor e o estudante.(Fonte: Polícia Civil)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *