Projeto Cinemóvel Carrefour leva cinema gratuito a Anápolis

Mostra itinerante já exibiu produções que tratam da importância da valorização da diversidade para mais de 8,6 mil pessoas, a maioria estudantes do ensino fundamental

Florianópolis, 14 de junho de 2017 – Lançado em 2015, o Cinemóvel Carrefour chegará a Anápolis no dia 19 de junho, exibindo gratuitamente filmes sobre a diversidade. As sessões são realizadas em sala especialmente montada em um caminhão climatizado, que conta com telão de 120 polegadas, 30 poltronas, incluindo rampa e acomodação para cadeirantes, e sistema de som estéreo. A maioria das sessões é voltada ao público infantil, principalmente alunos do ensino fundamental de escolas públicas, mas há na programação opções de filmes indicados para jovens com mais de 12 anos, plateia mais comum nas sessões noturnas.

A iniciativa faz parte do Projeto Gira Brasil, coordenado pela Magma Cultura e pelo Instituto Carrefour e patrocinado pelo Carrefour Soluções Financeiras, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. Nesta edição, serão exibidos quatro filmes: Up Altas Aventuras, Divertida Mente, O Sorriso de Monalisa e Mãos Talentosas. As sessões ocorrerão em três turnos: manhã (8h e 10h), tarde (13h30 e 15h30) e noite (19h).

Esta é a 3ª edição do Cinemóvel Carrefour, que neste ano visitará 22 cidades de oito estados – Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará e Amazonas, até o dia 11 de agosto. Antes da exibição dos filmes, os educadores recebem uma cartilha educativa que sugere atividades que podem ser usadas pelos professores em sala de aula, antes e após as sessões de cinema, reforçando os temas de respeito e valorização das pessoas e de sua diversidade. Os filmes são escolhidos na hora, pela própria plateia.

Nas duas primeiras edições, o Cinemóvel passou por 17 cidades e contou com mais de 8,6 mil expectadores, entre crianças e adultos. “O Cinemóvel existe para democratizar o acesso à cultura, contribuindo para estimular a valorização da diversidade por meio da linguagem do cinema. Queremos atingir um número ainda maior de pessoas, principalmente crianças, contribuindo para sua formação”, destaca Jefferson Bevilacqua, da Magma Cultura, responsável pela produção do projeto.