Promotores aprovam projeto arquitetônico de nova sede do MP-GO em Anápolis

Promotores conheceram o projeto da nova sede do MP em Anápolis

O procurador-geral de Justiça, Benedito Torres, se reuniu nesta segunda-feira (22/5) com promotores de Anápolis para apresentação do projeto arquitetônico da nova sede do Ministério Público no município. A obra foi aprovada pelos membros e deve ter início no próximo semestre, após aprovação da prefeitura.

“Oferecer infraestrutura adequada é uma questão de dignidade para os promotores e respeito ao cidadão que busca o Ministério Público”, afirmou Benedito Torres durante a reunião, que teve participação dos subprocuradores para Assuntos Administrativos, Carlos Alberto Fonseca, e para Assuntos Jurídicos, Sérgio Abinagem, além do coordenador do CAO da Infância e Juventude, Publius Lentulus Rocha.

Segundo o coordenador das Promotorias de Justiça de Anápolis, Carlos Alexandre Marques, o projeto surpreendeu. “Agradecemos ao empenho da administração para enfim encontrar uma solução dessa questão que se arrasta há vários anos. Chegamos a ganhar área para construção e perdemos prazo para construir. O projeto vai além do que esperávamos, fomos positivamente surpreendidos”, afirmou.

O prédio deverá ser construído sob medida para utilização do MP-GO e, entre os requisitos previstos estão: áreas para a expansão de até 25 gabinetes de promotorias, recepção, sala de reunião, sanitários, almoxarifado, arquivo e outras, com área útil total de aproximadamente 2 mil m². Também está previsto estacionamento para veículos com o mínimo de 50 vagas.

Obra

O protocolo de intenções firmado em abril atendeu ao chamamento público da instituição. De acordo com o documento, a empresa terá 18 meses, a partir da data de assinatura do documento para entregar o imóvel em perfeitas condições de uso e de acordo com as diretrizes estabelecidas no edital supracitado. A expectativa é que o novo prédio entre em operação entre o segundo semestre de 2018 e início do ano de 2019.

Também participaram da reunião os promotores Alexandre José de Assis Foureaux, Luís Fernando Ferreira de Abreu, Paulo Henrique Martorini, Maria Helena Gomes Medeiros, Arthur José Jacon Matias, Karina D’Abruzzo, Lucas César Costa Ferreira. (Texto: Leandro Coutinho – Fotos: João Sérgio / Assessoria de Comunicação Social do MP –GO)