Rapaz é preso suspeito de assassinar jovem por engano em briga de gangues

 

A Polícia Civil prendeu, no dia 7 de novembro, Jeimison Pereira Sousa, de 21 anos, suspeito de matar uma jovem e balear um rival devido a uma briga entre gangues no Setor Parque Atheneu, em Goiânia. Segundo a investigação, a vítima fatal, Bruna Aparecida de Oliveira Barcelos, 18, foi assassinada por estar com Pedro Henrique de Paula, de 23, que era o alvo do atirador.

Jeimison foi apresentado nesta quarta-feira (22) pela equipe do delegado Hellyton Carvalho, adjunto da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). O crime aconteceu no dia 4 de abril deste ano. De acordo com a polícia, Jeimison pretendia matar Pedro Henrique, pois este havia prometido matá-lo para se vingar da morte de outro rapaz.

Segundo o delegado, o grupo do Jeimison matou um amigo do Pedro, que prometeu se vingar e matar os responsáveis. Jeimison, então, armou um encontro para matar Pedro Henrique. “Na ocasião, Pedro chegou acompanhado de Bruna, que era sua amiga. Jeimison e mais dois amigos se aproximaram do carro e deram vários tiros contra os dois. A Bruna morreu no local e Pedro sobreviveu”, contou o delegado.

Após o crime os suspeitos fugiram, mas Pedro informou aos policiais quem era o autor dos disparos. Assim, Jeimison foi localizado em uma casa no Setor Jardim Luz, em Aparecida de Goiânia. O delegado diz que, ao ser preso, Jeimison afirmou ser inocente e garantiu que não conhecia as vítimas. Apesar disso, a polícia diz que há provas contra ele.(Fonte: Polícia Civil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *